Jornal "Avé Maria" - Nº 2590 (Semanário) - Vila Real - 25 de Dezembro de 2010


É NATAL

Celebramos hoje [ontem] o Natal. Deus fez-se Homem, e esta criança jamais acabará de nascer no coração dos homens com um convite ao amor verdadeiro.

O ambiente de "pai-natal" desde há muito nos envolvia: iluminações, montras a abarrotar de presentes de cuja utilidade real duvidamos, e que foram comprados e oferecidos em abundância.

Nada tenho contra a festa nem contra o prazer de oferecer e de receber, dentro do razoável e como expressão de afecto. Existe, porém, o risco de derrapagem: o presente esconde o vazio de sentimentos e o ruído fazer esquecer o porquê da celebração.

É notória a distância entre a humildade e intimidade da mensagem do presépio e a imagem dada pela sociedade de consumo, dominada pelas aparências e sem disposição para escutar o que o Menino de Belém nos quer dizer.

Façamos silêncio em nós e poderemos cantar com alegria: "Um Salvador nos foi dado, um Filho nos nasceu".

*****
Diz a Sagrada Escritura:

«Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados». (Lc. 2,14)

*****

Quem só pensa num Natal
Em paz, sem fome nem frio,
Talvez não proceda mal,
Mas tem um Natal vazio.


Para que o Natal não seja
Mais um dia sem valor,

Junta-te aos irmãos na igreja
E ajuda alguém sofredor.

Sem comentários:

Também poderá gostar de ler sobre...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...