Saber parar

SABER PARAR

Diz-se que o imperador Carlos V, depois de abdicar, ocupava o tempo a acertar relógios e não conseguia trazê-los certos. O senhor de um império onde o Sol não se punha, podia reflectir sobre a precariedade do tempo…

Hoje, somos vítimas da ilusão de que o tempo nos pertence… e ele falta-nos: para respirar, para visitar um doente, para rezar ou, simplesmente, para estar em família. O espaço e o que ele contém, foi-nos dado. O tempo não, está nas mãos de Deus. Não o possuímos, é-nos dado, dia-a-dia, com a vida. Querer dominá-lo, é tirar-lhe o carácter de dom.

Férias… ocasião preciosa para encontrarmos o sentido fundamental do tempo. Olhemos para Jesus: acolhe cada momento… das mãos do Pai.

Férias… tempo de respirar, de parar e reflectir, para examinarmos a nossa vida à luz da eternidade.

O tempo dá-o Deus! – dia a sabedoria popular.

*****

Diz a Sagrada Escritura: «”Vinde, retiremo-nos a um lugar deserto e repousai um pouco.” Porque eram tantos os que iam e vinham que nem tinham tempo para comer.» (Mc. 6, 31)

*****

O verdadeiro cristão
É aquele que perdoa,
Mesmo que ainda lhe doa
A ofensa no coração.

E se muito dói a ofensa,
Porque deixou cicatriz,
Quem perdoa é feliz
E terá mais recompensa.

In Jornal "Avé Maria" (Semanário) - Vila Real, 7 de Agosto de 2011

1 comentário:

Angel@ disse...

Que cantinho abençoado, com ótimo conteúdo ! Que Deus continue iluminando cada vez mais este grupo de catequese.Já estou seguindo com muita alegria.

Gostaria muito que conhecessem meus cantinhos também:

nospassosdejesusamor.blogspot.com
docessonhosdepapel.blogspot.com

Beijos, com carinho,
Angela

Também poderá gostar de ler sobre...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...