"Ele vos ensinará" - extracto de Nota Pastoral do Bispo de Vila Real

Diocese de Vila Real
Plano de Atividades Pastorais 2012/2013
A Nova Evangelização para a Transmissão da Fé Cristã
Ele vos ensinará(Jo 14, 26)


«3.- (…) No ano pastoral de 2012-2013, conheceremos os conteúdos do Evangelho, do Concílio e do Catecismo da Igreja católica, mediante a formação da fé, Catequese de adultos, famílias, jovens e adolescentes, com apreço pelo catecumenato e pela vida de oração, para, instruídos pelo Espírito, certos da presença de Jesus Ressuscitado, nos deixarmos converter e plasmar em ordem à missão, objecto do ano pastoral de 2013-2014, em que apontaremos tarefas e ministérios laicais a desempenhar, na Diocese, após o amor demonstrado na aprendizagem e no estudo, que neste ano formos fazendo e obtendo.

4.- Este ano pastoral é de formação e consolidação na fé recebida, dedicado a mudar, a converter e formar as consciências dos agentes de evangelização, incutindo neles um novo ardor missionário, novo estilo, nova gramática, nova linguagem, com a ajuda de novas estruturas e de novas técnicas, para tornar compreensível o Evangelho. Será ano de estudo na acção, de oração e aprendizagem, para saber que fazer e tomar consciência da missão e dignidade a que somos chamados. Isto não acontece, sem convergência e pastoral de conjunto, sem trabalho, em rede, e agir em equipa. Há que dar as mãos, cultivar a fraternidade, cientes de que precisamos de Deus e uns dos outros, para dar frutos de conversão. A Evangelização não acontece, sem conversão, sem a comunhão fraterna, sem aceitação mútua e sem a consciência de Deus e da Sua obra e desígnio. Só uma Igreja convertida, evangelizada, embebida do Espírito Santo, conformada com a vontade de Deus, pode falar de Cristo e entusiasmar por Ele e pelo Evangelho, pois, ninguém dá o que não tem, nem seduz para causas em que não acredita e pelas quais não está pronto a dar a vida. É preciso agir e viver na verdade de Cristo, centrando a atenção no necessário. Há que evitar o espírito de capelinha, divisionismo e dispersão e abrir o coração a Cristo e às necessidades do mundo, ter compaixão dos que vivem fora, sequiosos e indiferentes, como ovelhas sem pastor, sem deixar de seguir e propor a verdade de Deus, desarmados, e enraizados no Senhor Ressuscitado e dando razão das razões de fé e da esperança que nos movem.
(…)

Que Deus nos ajude e S. Bento, Padroeiro da Europa, que diz para nada antepor à obra e serviço de Deus, obedecendo sem demora, orando e trabalhando, nos incentive a dar à Igreja Diocesana o melhor de nós mesmos, para a glória de Deus e salvação de todos os seus filhos, que a Divina Providência pôs, no nosso caminho, para ajudar.

Vila Real, Festa de S. Bento, 11 de Julho de 2012´

+ Amândio José Tomás, bispo de Vila Real»

Extracto da Nota Pastoral

Ano da Fé


Será uma ocasião propícia para anúncio da mensagem da Fé, hoje, com redobrado zelo e alegria.

Anunciado pelo Papa Bento XVI a 11 de Outubro do ano passado, será aberto solenemente no próximo dia 11 de Outubro, para comemorar os 50 anos da abertura do Concílio Vaticano II e os 20 anos da publicação do Catecismo da Igreja Católica.

Principiará também um novo Sínodo sobre a Nova Evangelização.

Ao longo deste ano – até à Festa de Cristo Rei de 2013 – está definido o grande programa pastoral da Igreja e, por isso mesmo, também do nosso Boletim: em intervenções simples e pequenas, levar aos estimados leitores o fundamental dos ensinamentos do Concílio que “modernizou” a Igreja, chamar a atenção para a centralidade e beleza da Fé.

Este ANO é um verdadeiro desafio para todos nós, cristãos. Que o Senhor nos ajude a correspondermos ao projecto de Bento XVI.

*****

Diz a Sagrada Escritura: «A fé, sem o amor de Deus e ao próximo, de nada nos aproveita». (1 Cor. 13, 2)

*****

Se te falta aquele esteio
A que chamamos fé,
Segue o exemplo de Tomé
E grita: “Senhor, eu creio.”

In Jornal “Avé Maria” (Semanário) – Vila Real, 23.09.2012

Dia Diocesano do Catequista e do Animador Juvenil

Dia Diocesano do Catequista e do Animador Juvenil
Ele vos ensinará(Jo, 14, 16)
Colégio Salesiano de Poiares – 5 de Outubro 2012

Programa
09:00 – Acolhimento
09:30 – Oração da Manhã
10:00 – Comemoração dos 20 anos da publicação do Catecismo da Igreja Católica
10:30 - Pausa
11:00 – Youth Travel – Departamento Nacional da pastoral Juvenil : O Youcat.

13:00 – Almoço

14:30 – Apresentação dos Planos Anuais do Secretariado Diocesano da Educação Cristã e do Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil
15:30 – Preparação da Celebração
16:00 – Celebração de Envio e Compromisso

Nota:
Para chegar de autocarro a Poiares é necessário sair na A24 em Vila Real (Zona Industrial) e seguir por Andrães, em direção a Galafura, por Abaças, seguir no cruzamento de Galafura direção Régua e entrar no cruzamento com as indicações Poiares/Canelas (haverá sinais indicativos no dia 5 de Outubro em todos os cruzamentos!). A estrada a partir de Vilarinho de Freires é proibida a pesados! (ver mapa) - Ficha de inscrição


«Descobrir a Solidez da Fé: urgência e missão»

A Comissão Episcopal de Educação Cristã publicou uma Nota Pastoral para a Semana Nacional da Educação Cristã (29 de Setembro a 7 de Outubro), intitulada: «Descobrir a Solidez da Fé: urgência e missão».

Esta Semana tem início com a Peregrinação Nacional das Escolas Católicas a Fátima, a 29 de Setembro. No dia 30 de Setembro, na igreja da Boa Nova (Paróquia do Estoril) terá lugar uma Celebração da Eucaristia, presidida por D. Nuno Brás, Bispo Auxiliar de Lisboa, que será transmitida pela TVI. Após a Celebração, no mesmo canal de televisão, será apresentado o Programa “8º Dia”, relativo à Semana Nacional da Educação Cristã.

As actividades vão continuar com: de 5 a 7 de Outubro serão as Jornadas Nacionais de Catequistas, no Centro Paulo VI, em Fátima. No dia 7, às 11h00, a Celebração da Eucaristia, na Sé de Santarém, presidida por D. Manuel Pelino Domingues, que marca o encerramento da Semana, será transmitida pela Rádio Renascença. Também nesse Domingo será a Peregrinação dos Educadores Católicos a Fátima.

Doenças Litúrgicas


As nossas paróquias sofrem de algumas doenças curiosas e que, em muitas, são frequentes. Poderíamos chamar-lhes “doenças litúrgicas”. O Boletim diocesano de Arkansas, nos Estados Unidos, aqui há anos, referida, com humor, algumas que a revista espanhola “Misa Dominical”, em 1998, resumiu

À primeira chamemos-lhe “afasia litúrgica”. É o súbito bloqueio das cordas vocais quando a Eucaristia principia. Até pode reinar a algazarra, o falatório, as saudações efusivas, a “feira”, como acontece em tantos casamentos, mas quando o ato litúrgico principia… é mesmo a perda de voz, nem participação nos cânticos, nem no fim das orações, nem nas mais pequenas aclamações! É o silêncio quase completo. É um mal que ataca mais os homens que as senhoras e cujo remédio se encontra, ao sair, tomando um café ou uma cerveja no bar da primeira esquina mais próxima da igreja.

Do outro lado do Atlântico ou deste, a doença é a mesma!

*****

Diz a Sagrada Escritura: «Todos participavam assiduamente na pregação dos Apóstolos, na celebração da Eucaristia, nas orações comunitárias, e na união fraterna. (Act. 2, 42)

*****

Se um milagre é uma ação
De que só Deus é o autor,
Dos milagres o maior
Foi o da ressurreição.

É este grande sinal
O fundamento da Igreja
E, por isso, se festeja
Na Missa Dominical.

In Jornal “Avé Maria” (Semanário) – Vila Real, 19.08.2012
Fonte da imagem

Intenções do Papa – Setembro 2012

Geral: A fim de que os políticos ajam sempre com honestidade, integridade e amor à verdade.


Missionária: Para que aumente nas comunidades cristãs a disponibilidade ao dom dos missionários, sacerdotes e leigos, e de recursos concretos em prol das Igrejas mais pobres.

Também poderá gostar de ler sobre...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...