A oração dos cinco dedos


É uma oração feita pelo Papa Francisco quando Arcebispo de Buenos Aires, e de que nos podemos servir para rezar:

1.- O polegar é o que está mais perto de nós. Começa por rezar pelos que estão mais próximos. São fáceis de recordar. Rezar por aqueles que amamos é “uma doce tarefa”.

2.- A seguir é o indicador. Reza pelos que ensinam, instruem e curam. Eles precisam de apoio e sabedoria para nos orientarem.

3.- Depois, é o maior. Recorda-nos os que têm autoridade: chefes, governantes… Eles necessitam da orientação divina.

4.- O anelar é o mais débil. Lembra-nos que rezemos pelos mais débeis ou pelos atormentados por problemas. Todos necessitam das tuas orações.

5.- O mínimo, o mais pequeno, deveria lembrar-te de rezares por ti. Quando terminares de rezar pelos outros grupos, as tuas necessidades aparecerão de forma correcta e estarás preparado para rezares por t. Deus te abençoe.

*****

Diz a Sagrada Escritura: «Sede alegres na esperança, pacientes na tribulação e perseverantes na oração”. (Rom. 12, 12)

*****

Se queres ter alegria,
Põe em prática a ciência
De viver em harmonia
Com a tua consciência.

Para vencer a cobiça
E a solidão compensar,
Nunca deixes de rezar
E ao domingo vai à Missa.

In Jornal “Avé Maria” (Semanário) – 28.04.2013

Sem comentários:

Também poderá gostar de ler sobre...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...