Gestos que falam


Foi numa paróquia rural cuja assembleia de domingo parecia composta de pessoas de culturas diferentes…

A primeira leitura foi proclamada, de maneira admirável, por um adolescente. Soube depois que fora escolhido de entre os que frequentam a catequese. Ao descer do ambão, colocou-se diante do altar, um bocadinho ao lado, de costas para o povo e esperou. A salmista avançou lentamente, colocou-se ao lado dele e os dois inclinaram-se diante do altar. O primeiro recuperou o seu lugar e ela subiu para o ambão e cantou o Salmo.

Salmista e segunda leitora repetiram o mesmo gesto. Tranquilamente, cada um tomou o seu tempo de saudar o altar, sinal da presença de Cristo.

Gestos realizados pausadamente, nas celebrações eucarísticas que, naturalmente, introduzem um breve espaço de silêncio, de respiração. Mas, por estas simples atitudes, Cristo é colocado no centro da celebração e a Palavra de Deus atinge outra dimensão…

*****

Diz a Sagrada Escritura: «Irmão, peço-vos em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, que vivais sempre em harmonia. Não haja divisões entre vós: vivei unidos no mesmo ideal e no mesmo pensamento». (I Cor. 1, 10)

*****

Todo o cristão deve crer
Que o Evangelho é força e luz,
Só pelo facto de ser
A palavra de Jesus.
 
Sendo assim, é evidente,
Que, se a Palavra nos fala,
A Vida estará presente
Em quem souber escutá-La.

Fonte: Jornal “Avé Maria” (Semanário) – Vila Real, 26.01.2014
Foto retirada da internet

Sem comentários:

Também poderá gostar de ler sobre...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...