Quaresma


Quarta-feira de Cinzas – este ano a um de Março - marca a entrada oficial na Quaresma e no ciclo da Páscoa. Na celebração litúrgica são impostas as cinzas, normalmente obtidas dos ramos do ano passado, guardados para este rito.

O povo hebreu, do Antigo Testamento, nas celebrações penitenciais, cobria a cabeça de cinzas e revestia-se de saco (Jer.6, 26; Jon.3, 5-9; Mt.11, 21). Embora, nos começos, este rito não fosse directamente associado ao início da Quaresma, desde muito cedo – anos 300 – algumas igrejas locais o integraram na penitência pública àqueles que caíam nos chamados “pecados capitais” e pediam a readmissão na comunidade: apostasia, heresia, assassinato, adultérios… Aqueles que reconheciam terem praticado esses pecados eram colocados no lugar reservado aos penitentes… e aí se preparavam para receberem a absolvição em Quinta-feira Santa.

Ainda hoje a Quaresma pretende preparar-nos para celebrarmos com o verdadeiro espírito a Páscoa do Senhor.

*****

Dia a Sagrada Escritura: «Feliz o homem que não segue o caminho dos ímpios… antes na lei do Senhor põe o seu enlevo.» (Salmo 1, 1-2)

*****

Se por todos és benquisto
E vives em paz completa,
Então, no dizer de Cristo,
Tu és um falso profeta.

Mas, se a verdade defendes,
Mesmo contra o mundo inteiro,
E não foges nem te rendes
És um homem verdadeiro.

(Pe. João Parente em A Escalada)

Também poderá gostar de ler sobre...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...