Terço Missionário rezado pelo Grupo da Catequese Paroquial de Constantim

No dia 22 de Outubro, Sábado, vésperas do Dia Mundial das Missões 2016, o Grupo da Catequese Paroquial de Constantim reuniu-se para um “Encontro de Catequese” diferente: rezar o Terço Missionário.

Aqui deixamos o guião desta actividade missionária:

(Antes do início do Terço Missionário, a todos os presentes é entregue um círculo – tem de haver 10 círculos de 5 cores diferentes – um por cada mistério, correspondente a cada um dos continentes: América, Europa, África, Ásia, Oceânia). Depois de todos apresentarem a intenção para o respectivo mistério, um elemento presente reza a 1ª parte da Avé Maria. Enquanto todos rezam a 2ª parte (Santa Maria…), esse elemento vai colocar o círculo que lhe foi entregue, para se ir construindo o Terço, conforme se pode verificar na imagem. O Pai Nosso, no início de cada mistério, as três Avé Marias e a Salvé Rainha, no final, também são rezadas por todos.)

Cântico inicial
Quero ser como tu, como tu, Maria,
como tu, um dia, como tu, Maria. (bis)

Introdução
O rosário missionário consta de cinco dezenas de cores diferentes: cada cor representa um continente, onde os missionários trabalham, sofrem e lutam para que a mensagem de Jesus seja conhecida por todos.
Mãe, junto de Ti, neste momento de oração, queremos caminhar pelo mundo, passar perto de todos. Contigo iremos fazer a nossa peregrinação.
Partiremos, e a nossa oração levar-nos-á até ao nosso próximo que não conhecemos. Queremos ser discípulos missionários de teu Filho Jesus, peregrinos do Amor.
O nosso humilde rosário da nossa rotina de todos os dias será revestido de uma dignidade suprema, contemplando, nas suas cores, o mundo inteiro. Nele teremos presentes, na meditação dos mistérios da nossa redenção, todos os povos da Terra que desejam Cristo.

1º Mistério – A anunciação do Anjo a Nossa Senhora
Maria, a Mãe que cuida de Jesus, agora cuida com carinho e preocupação materna deste mundo ferido. Os missionários vive no seu quotidiano o “Sim” de Maria. Ela, após dar o seu “Sim”, parte de imediato em missão.
A cor verde lembra as imensas florestas África e também a virtude da esperança.
Vamos rezar por todos os que vivem no continente africano, em especial, pelo florescimento cristão do povo e pelo ardor dos missionários que aí trabalham.

Todos - Neste mistério, peçamos a Maria, Rainha das Missões, que interceda pela paz, pela liberdade e pelo pão de cada dia de todos os povos de África e por um abundante clero nativo.

Cântico: Quero aprender a amar, como tu, Maria,
como tu, um dia, como tu, Maria. (bis)

2º Mistério – Visitação de Nossa Senhora a sua prima Santa Isabel       
Com Maria, os Missionários vencem todas as distâncias, para poderem estar junto dos que mais sofrem e precisam da sua presença. Maria percorre com a Humanidade e connosco todos os caminhos que conduzem à salvação.
A cor vermelha evoca os povos originários de toda a América e o sangue de inocentes derramado em guerras, lutas de conquista, revoluções e guerrilhas.
Vamos rezar por todos os que vivem no continente americano, que é aquele que tem maior número de católicos, mas onde são muitas as injustiças e desigualdades sociais.

Todos - Neste mistério, peçamos a Maria, Rainha das Missões, que ajude a Igreja a ser defensora dos pobres, lutando com amor pelos mais pequeninos, para que tenham justiça social, paz e solidariedade.

Cântico: Quero dizer meu sim, como tu, Maria,
como tu, um dia, como tu, Maria. (bis)

3º Mistério – O Nascimento de Jesus em Belém
Maria experimenta, canta e revela o amor fiel e misericordioso de Deus “que se estende de geração em geração” até hoje, até ao nosso tempo. Maria é Mãe atenta às dificuldades e necessidades dos homens. Para que não nos falte a alegria do Evangelho, da ternura, da misericórdia.
Reza-se pela Europa – cor branca, ligada não só à “raça branca”, mas por causa da presença do Papa, Mensageiro da Paz, o grande missionário do mundo. Foi da Europa que partiram boa parte dos(as) missionários(as) para todos os continentes. Contudo, ainda há muito que fazer…

Todos - Neste mistério, peçamos a mediação de Maria, Rainha das Missões, para que aumente a fé cristã e o clero dos povos europeus, sobretudo do povo português que sempre dedicou à Mãe do Céu um profundo amor filial.

Cântico: Quero levar Jesus, como tu, Maria,
como tu, um dia, como tu, Maria. (bis)

4º Mistério – A Apresentação do Menino Jesus no Templo.
Os missionários, com Maria, a Mãe da Misericórdia, neste ano Santo, vão descobrindo a alegria da ternura de Deus. A apresentação de Jesus no Templo, pelos seus pais, foi a entrega oficial a Deus, do filho que lhes fora entregue como dom, e a partir desse momento como oferta ao mundo.
A cor azul lembra os vastos mares da Oceânia e a serenidade e paz que emana de Maria.
Vamos rezar por todos os que vivem neste continente formado por milhares de ilhas, cuja insularidade dificulta o trabalho missionário, originando que muitas pessoas nunca tenham ouvido falar de Jesus Cristo.

Todos - Neste mistério, peçamos a intercessão de Maria, Rainha das Missões, para que surjam muitos missionários que levem Jesus a todas as ilhas da Oceânia, e estas se tornem como contas de um imenso Rosário de fé e amor a Deus.

Cântico: Quero-me consagrar, como tu, Maria,
como tu, um dia, como tu, Maria. (bis)

5º Mistério – O encontro de Jesus no Templo, entre os doutores
Os missionários, seguindo este apelo e exigência de escutar, devem ter presente os anseios, as esperanças, as aflições, os sofrimentos e a cultura do povo, para lhe anunciar a misericórdia de Deus que não tem fim.
A cor amarela evoca os povos originários do continente asiático e a luz divina do Amor do Pai.
Vamos rezar por todos os que vivem no continente asiático. É o continente onde Jesus semeou o Evangelho e o seu sangue mas onde Ele é menos conhecido.

Todos - Neste mistério, peçamos a Maria, Rainha das Missões, que interceda para que o sangue de tantos mártires na Ásia do século XX se transforme em semente de cristãos, e que dê força e alento a todos os que são sinal de Cristo, quer sejam missionários, consagrados ou se preparem para o sacerdócio.

Oração final
Senhor, quando eu tiver fome, dai-me alguém que necessite de comida.
Quando tiver sede, dai-me alguém que precise de água.
Quando sentir frio, dai-me alguém que necessite de calor.
Quando tiver um aborrecimento, dai-me alguém que necessite de consolo.
Quando minha cruz parecer pesada, deixe-me compartilhar a cruz do outro.
Quando me achar pobre, ponde a meu lado alguém necessitado.
Quanto não tiver tempo, dai-me alguém que precise de alguns dos meus minutos.
Quando sofrer humilhação, dai-me ocasião para elogiar alguém.
Quando estiver desanimada, dai-me alguém para lhe dar novo ânimo.
Quando sentir a necessidade da compreensão dos outros, dai-me alguém que necessite da minha.
Quando sentir necessidade de que cuidem de mim, dai-me alguém que eu tenha de atender.
Quando pensar em mim mesma, voltai minha atenção para outra pessoa.
Tornai-nos dignos, Senhor, de servir nossos irmãos que vivem e morrem pobres e com fome, no mundo de hoje.
Dai-lhes, através das nossas mãos, o pão de cada dia e dai-lhes, graças ao nosso amor compassivo, a paz e a alegria.

Cântico final
Deus esta contente! Deus esta contente! (2x)
Porque Deus é bom! (bis)

Terminamos com a transcrição do início da mensagem de Sua Santidade Papa Francisco para o Dia Mundial das Missões 2016, sob o tema: Igreja missionária, testemunha da misericórdia.

«Queridos irmãos e irmãs!
O Jubileu Extraordinário da Misericórdia, que a Igreja está a viver, proporciona uma luz particular também ao Dia Mundial das Missões de 2016: convida-nos a olhar a missão ad gentes como uma grande, imensa obra de misericórdia quer espiritual quer material. Com efeito, neste Dia Mundial das Missões, todos somos convidados a «sair», como discípulos missionários, pondo cada um a render os seus talentos, a sua criatividade, a sua sabedoria e experiência para levar a mensagem da ternura e compaixão de Deus à família humana inteira. Em virtude do mandato missionário, a Igreja tem a peito quantos não conhecem o Evangelho, pois deseja que todos sejam salvos e cheguem a experimentar o amor do Senhor. Ela «tem a missão de anunciar a misericórdia de Deus, coração pulsante do Evangelho» (Bula Misericordiae Vultus, 12), e anunciá-la em todos os cantos da terra, até alcançar toda a mulher, homem, idoso, jovem e criança. (…)»


Pode ler a mensagem na íntegra aqui.

Também poderá gostar de ler sobre...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...