Mensagens

A Romaria a Nossa Senhora de Fátima - 12 e 13 de Maio de 1930

Imagem
Rezando durante a peregrinação a Nª Sª de Fátima, 12 e 13 de Maio de 1930 "Apesar da evolução intensa operada, no campo moral, de há uns lustros a esta parte, as profundas crenças, a religiosidade, quando tem raízes velhas na própria alma magnífica do povo, a única verdade verdadeira em matéria de espiritualidade, resistem a todas as razões mais ou menos artificiosas. E por isso todos os anos, neste Maio  florido, acorre gentinha humilde ou grada, dos cantos mais ermos do país, a pedir à bondade divina da Senhora de Fátima remédio para todos os seus males (e tanto sofrem os pobrinhos!), remédios que, em forma de panaceias políticas ou sociais todos os terrenos lhe apregoam. Vede como essas pobres mulheres oram com fervor e como milhares de peregrinos acodem à Cova da Iria em arroubos de piedade, únicos gozos desta terra que ainda não pagam ainda sisa ou contribuição." A Cova da Iria durante a peregrinação de 12 e 13 de Maio de 1930 Fonte: "Ilustração", nº107,

Oração a Nª Sª da Saúde (Santuário em Valpaços)

Imagem
Oração a Nª Sª da Saúde -Dai-me, Senhora, um coração novo - ( prece a Maria pedindo um coração de criança ) - Santa Maria, Mãe de Deus, Senhora da Saúde, guardai-me um coração de criança, puro e transparente como uma nascente. Obtendo-me um coração simples que saboreie as tristezas; um coração grande a dar-se, terno na compaixão, um coração fiel e generoso que não esqueça nenhum bem nem guarde rancor por nenhum mal. - Dai-me um coração doce e humilde, que ame sem pedir amor, alegre por se apagar noutro coração diante do vosso divino Filho, um coração grande e indomável que nenhuma ingratidão feche, que nenhuma indiferença canse; um coração atormentado pela glória de Jesus Cristo, ferido pelo seu amor e cuja ferida se cure apenas no céu. - Pai Nosso. - Ave-Maria... - Salve Rainha. Santuário de Nª Sª da Saúde - Valpaços Sugestões: São Frei Bartolomeu dos Mártires visitou as terras da diocese de Vila Real Cristo Crucificado (Museu do Santuário de Fátima) Amar é a sublime

São Frei Bartolomeu dos Mártires visitou as terras da diocese de Vila Real

Imagem
São Frei Bartolomeu dos Mártires São Frei Bartolomeu dos Mártires nasceu em Lisboa, a 3 de Maio de 1514, com o nome familiar de Bartolomeu Fernandes , a que depois acrescentaria “do Vale”. Passou a integrar a Ordem dos Dominicanos em 1528. De 1538 a 1558 dedicou-se à pregação e ao ensino superior. Um dos seus discípulos foi D. António, prior do Crato . Arcebispo de Braga em 8.8.1558, participou no Concilio de Trento (1562-1563), onde se notabilizou pela competência doutrinal e pelo zelo com que advogou a reforma da Igreja. Foi o primeiro bispo da cristandade a pôr em prática os decretos conciliares (1564). Celebrou em 1566 o 4º Concilio Provincial Bracarense , para adaptar os decretos tridentinos às necessidades da sua província eclesiástica. Percorreu diversas vezes a sua vasta arquidiocese. A sua caridade mostrou-se heróica na peste de 1570 e na carestia de 1574. Após porfiada insistência, conseguiu que lhe aceitassem a resignação ao cargo em 20.2.1582. Publico

Cristo Crucificado (Museu do Santuário de Fátima)

Imagem
Proveniente da Guiné-Bissau, o crucifixo de madeira oferecido ao Santuário de Fátima , em 8 de março de 1998, por ocasião da celebração dos quinhentos anos da evangelização daquele território africano, apresenta tipologia cruciforme de configuração latina, ficando a cruz ladeada por duas placas, de menor dimensão, que conferem um enquadramento nobilitante á cena principal: a Crucifixão de Cristo . Cada extremidade da composição surge rematada por doze tarjas esculpidas na madeira nelas se narrando episódios alusivos à evangelização da Guiné-Bissau , justapondo-se a passagens históricas relacionadas com os momentos de tortura e subjugação vividos por aquele povo, cuja formulação permite atribuir identificação simbólica com o próprio martírio da Paixão de Cristo . A cruz é encimada pela pomba do Espírito Santo e aparece ornada de flores, em alusão a cruz florida da Páscoa . O Crucificado , cujas feições são claramente africanas e cujo corpo mereceu representação em vulto redondo,

Amar é a sublime missão do ser humano!

Imagem
As aves têm asas para voar. Os condores dos Andes, as águias dos nossos píncaros, os abutres amigos do vento, as andorinhas turistas, madrugadoras alegres dos nossos campos. Os ferreiros dos telhados das igrejas, os melros, os pardais, os colibris que parecem flores… A todas as aves deu asas um Deus bondoso. Disse-lhes: « Voai! ». E as aves, dóceis, voam. Os peixes nadam Olhai os golfinhos, como saltam, como brincam nas ondas do mar. Os tubarões de dentes afiados. As ágeis trutas dos nossos rios. Os barbos. Os salmões, lutando rio acima. As carpas multicolores... Um Deus bondoso deu a todos eles barbatanas e cauda. E disse-lhes: « Nadai! ». E os peixes, dóceis, nadam. As flores são um espectáculo de cor e de fragrância. As violetas nas margens dos canteiros. Os nardos ardentes. Os cravos inebriantes. As orquídeas, as rosas, os jacintos, as camélias dos jardins. Um Deus bondoso vestiu-as e perfumou-as. E disse-lhes: « Encantai ». E as flores, dóceis, encantam. Os ast

Doze pensamentos interessantes sobre a Amizade

Imagem
1º - Se viveres cem anos, eu quero viver cem anos menos um dia, porque assim nunca terei de viver sem ti. Winnie Poch 2º - A verdadeira amizade é como a saúde perfeita, o seu valor raramente é reconhecido até ao momento em que a perdemos. C. Caleb Colton 3º - O verdadeiro amigo é aquele que aparece quando o resto do mundo desaparece. autor desconhecido 4º - A amizade é um espírito em dois corpos. Mencius 5º - Se morreres antes de mim, pergunta se podes levar um amigo. Stone Temple Pilots 6º - Eu apoiar-me-ei em ti e tu apoiar-te-ás em mim, e assim nós estaremos bem. Dave Mathew's Band 7º - Os amigos são a [umas das] formas de Deus cuidar de nós. autor desconhecido 8º - Se todos os meus amigos tivessem que pular de uma ponte, eu não pularia com eles; estaria no fundo para os agarrar. autor desconhecido 9º - Todos ouvem o que tu dizes. Os amigos escutam o que tu falas. Os melhores amigos prestam atenção ao que tu dizes. autor desconhecido 10º - O meu pai c

A bala do atentado a João Paulo II na coroa de Nossa Senhora

Imagem
No dia 26 de Março de 1984, um dia após a solene consagração que João Paulo II f ez em Roma, diante da imagem de Nossa Senhora de Fátima ida propositadamente da Cova da Iria , o Bispo de Leiria, o reitor do Santuário e o P. Kondor foram convidados a almoçar com o Santo Padre. Estavam convidados também Mons. Dziwsz, secretário do Papa, Mons. Silveira seu “professor de português", e o Cardeal Casaroli, secretário de Estado do Vaticano. Durante a refeição falou-se obviamente de Fátima. " No final do almoço, todos nos dirigimos para a capela privada do Santo Padre, para rezar diante do Santíssimo ", recorda por sua vez o reitor do Santuário de Fátima. " Quando todos já nos encaminhávamos em direcção à saída, o Santo Padre pediu-nos para esperarmos uns instantes ”. Mons. Luciano Guerra conta que o secretário do Papa sai da sala e desaparece. Poucos minutos depois, regressa, trazendo na mão uma pequena caixa que os convidados não identificam imediatamente.