Dia Mundial das Missões


Hoje, domingo das Missões [20 de Outubro de 2013], lembramos sobretudo o mundo que não conhece Jesus Cristo, onde a sua mensagem salvadora ainda não chegou e a Igreja – prolongamento de Cristo – ainda não está implantada. “O fim próprio desta actividade é o anúncio do Evangelho e a implantação da Igreja”.

Seria erro muito grave, porém, reduzir “Missões” a esta concepção. O Concílio Vaticano II o diz: «A Igreja é por sua natureza missionária, tem a sua origem na “missão” do Filho e Espírito Santo». «Cristo foi enviado ao mundo para salvar toda a humanidade». O anúncio do Evangelho é um dever que brota do próprio ser discípulo de Cristo, como lembra o Papa Francisco na sua mensagem para este dia. Todos somos chamados a tomar consciência da dimensão missionária que é inerente ao ser cristão, a deixarmo-nos interpelar pela mensagem, a testemunhá-la no dia-a-dia, e a levá-la também às “periferias” das nossas pessoas, comunidades e lugares.

*****

Diz a Sagrada Escritura: «Foi-Me dado todo o poder no Céu e na Terra. Ide, pois, fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a cumprir tudo quanto vos tenho mandado. E sabei que Eu estarei sempre convosco até ao fim dos tempos». (Lc. 1, 48)

*****

Os cristãos que se recordem
Que Jesus não deu conselho:
O que ele deu foi a ordem
De ir pregar o Evangelho.
 
Se a vida não te consente
Ir trabalhar nas Missões,
Deves lá estar presente
Com dádivas e orações.

In Jornal “Avé Maria” ( Semanário) – Vila Real, 20.10.2013

Sem comentários:

Também poderá gostar de ler sobre...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...