20 anos do Ano Internacional da Família


A ONU (Organização das Nações Unidas) proclamou 1994 como Ano Internacional da Família, subordinado ao tema "Família, Capacidades e Responsabilidades num Mundo em transformação". Declarou, ainda, a família como "a pequena democracia no coração da sociedade".

Por ocasião do Ano da Família, também celebrado pela Igreja, o então Papa João Paulo II escreveu uma “Carta às Famílias”, que começa assim:

«Queridas Famílias!

1.- A celebração do Ano da Família oferece-me a feliz oportunidade de bater à porta da vossa casa, no desejo de vos apresentar as mais afectuosas saudações e conversar convosco. Faço-o através desta Carta, que inicio com as palavras da Encíclica Redemptor hominis, publicada nos primeiros dias do meu Ministério Petrino [4 de Março de 1979]. Escrevi então: o homem é o caminho da Igreja.»
 
Por feliz coincidência, ou talvez não, mas principalmente porque o Papa Francisco decidiu convocar dois Sínodos sobre o tema da Família: o extraordinário, em Outubro de 2014, sobre “Os desafios pastorais sobre a Família, no contexto da evangelização”; e o ordinário, em Outubro de 2015, “Jesus Cristo revela o mistério e vocação da Família”, a Diocese de Vila Real vai dedicar um triénio pastoral à família (Julho de 2014 a Julho de 2017): Vocação, Evangelização e Missão da Família.
 
O agora S. João Paulo II escreveu uma Oração para o Ano Internacional da Família:

Senhor nosso Deus,

do qual provém toda a paternidade, nos céus e na terra,

Vós, Pai que sois Amor e Vida,

pelo vosso Filho Jesus Cristo, “nascido de uma Mulher”,

e pelo Espírito Santo, fonte do amor divino,

fazei que, na terra inteira, cada família humana

se torne verdadeiro santuário da vida e do amor,

para as gerações que incessantemente se renovam.

         Fazei que a vossa graça

oriente sempre os pensamentos e as acções dos esposos

para o bem maior das suas famílias

e de todas as famílias do mundo.

         Fazei que as novas gerações

encontrem na família sólido apoio,

que as torne cada vez mais humanas e as faça crescer

na verdade e no amor.

         Fazei que o amor,

consolidado pela graça do sacramento do matrimónio,

seja sempre mais forte que todas as fraquezas,

mais forte que todas as crises,

que, por vezes, se verificam nas nossas famílias.

         Fazei, enfim, - nós vo-lo pedimos –

por intercessão da Sagrada Família de Nazaré,

que em todas as nações do mundo,

a Igreja realize com fruto a sua missão,

na família e pela família.

         Nós vo-lo pedimos por Nosso Senhor Jesus Cristo,

Caminho, Verdade e Vida,

pelos séculos dos séculos. Amén.

         Joannes Paulus PP.II   

Sem comentários:

Também poderá gostar de ler sobre...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...