Coroa do Advento

As tradições do Advento falam-nos de expetativa e desenrolam-se por etapas. Uma das mais conhecidas, hoje, é a de acender quatro velas sobre uma “coroa” nas igrejas ou nas casas. É um costume que nos leva aos luteranos alemães do séc. XVI mas que se espalhou rapidamente por toda a parte e lhe foi atribuído simbolismo cristão.

Quando a luz do dia diminui e a noite cresce, celebrava-se na Alemanha a festa da luz, festa certamente de origem pagã. Com o movimento litúrgico de 1950, a Coroa do Advento ganhou o mundo católico.

Pode ter uma forma qualquer, é feita de folhas persistentes, colocada sobre uma mesa ou suspensa do teto e comporta quatro velas, uma para cada semana do Advento. O simbolismo está mais na luz, nas folhas persistentes e na progressão… A nova luz que se acende em cada domingo… devia corresponder a tornarmo-nos luz mais viva de Cristo.

*****
Diz a Sagrada Escritura: «Uma voz clama no deserto: “Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas”». (Mc. 1, 3)

*****

Tudo à volta já se apresta
Para a quietude do Advento:
Pára todo o crescimento
E a folha cai na floresta.

E o homem fuja do mal,
Da ambição e da impostura,
Que só gente de alma pura
Tem verdadeiro Natal.

In Jornal "Avé Maria" (Semanário) - Vila Real, 4 de Dezembro de 2011

Sem comentários:

Também poderá gostar de ler sobre...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...